TEM SE SENTIDO ESTRESSADO E INSEGURO EM NOSSA SOCIEDADE?

Contribua com o projeto social que educa emoções e inibe à marginalidade em crianças, jovens e adultos!

Esse é o Vida Feliz

Um Projeto Psicossocial que visa prevenir a marginalidade e intervir no desenvolvimento de sintomas psicossomáticos e de comportamentos gerados pelo convívio em ambientes de desequilíbrio social. Atua através do método de Educação Emocional Integrada aplicado em crianças de um a cinco anos e nas suas famílias. Atualmente está ativo na creche Morada Nova - Casa da Criança, situada no Morro do Papagaio, em Belo Horizonte. O projeto Vida Feliz prevê para 2019 a ampliação de suas atividades em outras cinco creches do mesmo aglomerado e está aberto a parcerias para essa consolidação.

Nossa história

Tudo começou no ano de 1993 em Vitória/ES. Nessa época, como psicóloga, Raquel Araújo atendia crianças com transtornos alimentares e respiratórios. Dai surgiu a parceria com a Universidade Federal do Espírito Santo e a Pastoral da Criança para prestar atendimento a uma população que morava em palafitas, em cima de um lixão, no bairro São Pedro. Ali foram aplicadas intervenções psicoterápicas a essa pequena população em condições de miséria.

Raquel percebeu que tanto o paciente de condição financeira privilegiada quanto quem chegava a passar fome, tinha o mesmo desejo: se sentir amado, valorizado, e possuir sentido de vida.

A população desfavorecida do lixão, através dos atendimentos realizados, conseguiu atingir altos índices de superação dos conflitos psicológicos, a ponto de se organizarem comunitariamente e, na época, realizarem mudanças sociais significativas no bairro.

Esta é uma história real que prova como a vivência adequada do amor gera também saúde social. Nascia aqui o embrião do Projeto Vida Feliz a partir de um forte desejo de criar um projeto psicossocial.

De 2001 e 2006 as primeiras formatações desse projeto psicossocial foram aplicadas nas cidades de Oswaldo Cruz, Valparaíso e Presidente Prudente, no interior do estado de São Paulo.

Assim nasceu uma abordagem de intervenção terapêutica baseada no método de Educação Emocional Integrada e totalmente adaptada a populações em risco social.

Atualmente está sendo aplicado na creche Morada Nova Casa da Criança, situada no Morro do Papagaio em Belo Horizonte.

Idealizadora & Executora

Raquel Araujo

Psicóloga, Escritora e Alfabetizadora Emocional

Raquel Araújo é Psicóloga, Escritora e Alfabetizadora Emocional. Realiza treinamentos, formações, palestras e consultorias que promovem o equilíbrio da mente, do corpo e do espírito através de método próprio de Educação Emocional Integrada. Em mais de duas décadas dedicadas à psicologia clínica pôde ajudar, através do seu método, milhares de pessoas que foram reconduzidas ao equilíbrio emocional, a eliminação de traumas e a uma vida realizadora.

POR QUE SUA AJUDA É TÃO IMPORTANTE?

  • Suprime completamente o risco da criança se marginalizar, porque as emoções estão na base da construção do comportamento;
  • Permite que a criança tenha autonomia sobre suas emoções se tornando imune a estímulos destruidores;
  • Também educa emocionalmente o núcleo familiar, retomando a consciência da importância dos pais e familiares na formação da personalidade e caráter da criança;
  • Empodera e equilibra o jovem para a capacitação e atividade empreendedora;
  • Incorpora na didática das professoras esse aprendizado emocional;
  • Impacta no crescimento global da comunidade, reduzindo fortemente os índices de marginalidade da sociedade brasileira;
  • Gera um Cidadão do Bem.

Renato Tadeu Isidoro

Diretor Presidente da Morada Nova Casa da Criança

“O Projeto Vida Feliz na Escola de Educação Infantil Morada Nova - Casa da Criança, veio completar e incrementar nossa proposta de Educação Infantil, pois propõe a Alfabetização Emocional Integrada, que entende a criança como um indivíduo único formado por situações únicas em suas famílias. A escola é igual para todas as crianças, então é preciso que haja por parte das educadoras a percepção desta bagagem que cada criança trás, com suas demandas e deficiências emocionais e a partir daí ajudá-la na alfabetização emocional proposta pelo projeto Vida Feliz. Aos poucos as crianças vão aprendendo que são respeitadas, cuidadas, ouvidas e amadas, e o resultado é o reflexo destas ações! Nesta busca da harmonia integral da criança o aprendizado se potencializa e um ser humano de verdade, autônomo, correto,que pensa no outro, que sabe o que quer....começa a crescer! E o mais importante: Essa criança autônoma que conheceu o amor, o cuidado, a atenção, o carinho, não irá em busca de caminhos marginais.”

Como o projeto funciona?

Iniciamos na creche

com treinamento emocional para os docentes que já começam a aplicar a alfabetização emocional nas crianças;

Paralelo a isso

a família já recebe treinamento da metodologia de alfabetização emocional;

Capacitação Profissional

para membros da família também acontece nessa etapa;

Formação empreendedora

para os jovens da comunidade;

Ações conjuntas

de cultura, esporte e lazer são executadas em sintonia com o Método de Educação Emocional integrando a comunidade ao projeto.

Todas as etapas são integradas e monitoradas

Como você pode ajudar?

Queremos ampliar nossa atuação, das atuais 172 famílias impactadas na Creche Morada Nova Casa da Criança, para mais 5 Creches do aglomerado Morro do Papagaio, totalizando 750 famílias impactadas em 2019.

Nessa nova etapa serão incorporadas novas ações como sessões de coaching integral sistêmico para todo o núcleo pedagógico e familiar, capacitação profissional para adultos, além da criação de um programa de geração de startups para jovens. Atividades de cultura, esporte e lazer, também serão amplamente promovidas no contexto da comunidade sempre em sincronia com o Método EEI.

Como doar para o Vida Feliz?

A pessoa Física ou Jurídica que quiser fazer sua doação ou destinação para colaborar com este lindo trabalho no Morro do Papagaio, basta fazer um depósito da conta do Projeto Vida Feliz:

CAIXA ECONÔMICA FEDERAL

CNPJ: 30.431.736/0001-85
AGÊNCIA: 0089
CONTA CORRENTE: 3986-1

Após a realização do depósito, favor encaminhar para contato@raquelaraujo.com.br:

  • Comprovante de Depósito;
  • Nome / Razão Social;
  • CPF / CNPJ
  • Endereço

Através dessas informações poderemos fornecer o recibo da doação.

SUA VEZ DE FAZER A DIFERENÇA!

Flavia Regina dos Santos Souza

Relações Públicas da Morada Nova Casa da Criança

“A implantação do Projeto Vida Feliz na Morada Nova Casa da Criança tem sido uma benção! Veio complementar o nosso trabalho e mostrar a importância da prevenção de traumas emocionais e da marginalidade com nossas crianças, para edificação de pessoas melhores, mais seguras de si e mais felizes. A alfabetização emocional proposta pelo projeto capacitou nossos funcionários para lidar com as próprias emoções e de forma mais positiva com os sentimentos e emoções dos alunos. O Projeto trouxe a Psicóloga Vanessa, que tem feito um trabalho essencial de apoio psicológico aos funcionários, alunos e aos pais. Essa parceria também proporcionou aos funcionários da Morada Nova o curso de Coaching Integral Sistêmico, com treinamentos e técnicas que possibilitam mudanças positivas na vida pessoal e profissional das pessoas.”

Dúvidas frequentes

Por que no Morro do Papagaio?

O aglomerado Morro do Papagaio está localizado na região sul de Belo Horizonte, com limites geográficos bem demarcados, não ocorrendo indicio de expansão territorial. Consideramos que a relativa estabilidade demográfica favorece o monitoramento de resultados.


Por que da execução de ações tão diversificadas?

A formação da pessoa não se dá de forma isolada e desconectada do meio no qual está inserida. Ao contrário, há de se considerar desde elementos relacionados aos padrões de hereditariedade até o contexto social onde intercorrem as relações humanas. Assim, o projeto dispõe de uma abordagem sistêmica e integrada, considerando intervenções que perpassam não só o ambiente educacional da criança, como também sua família e convívio social.


O projeto prevê uma aplicação continuada?

Sim. Para o alcance de uma fração significativa da população do Morro, o projeto prevê a reprodução de seus módulos de atuação de forma consecutiva e frequente.


Quando e em que prazo as etapas do projeto serão executadas?

As atividades envolvendo as 5 creches do Morro do Papagaio estão previstas para início em março de 2019. Todas as atividades do projeto serão desenvolvidas em um ciclo de 9 meses, distribuídos em 3 módulos, subsequentemente retomados, dilatando seu alcance e ampliando seus efeitos.